FANDOM


Artèmise Mandeville
Juste
Avafundjuste
Informações
Nome Completo Artèmise Mandeville
Nascimento xx de xxxx de 14xx
Varinha Varinha
Habilidades Especiais Nome do Fundador
Sangue 5
Família Norte
Hobbies Vermelho e Dourado


Nascida em Strasbourg, cidade francesa próxima à fronteira com a Alemanha, Mandeville provinha de uma longa linhagem de bruxos pregadores da Magia Branca, que difundiam os feitiços realizados com propósitos virtuosos e negavam qualquer qualidade atribuída aos que usavam da magia para fins escusos. Criada em meio a tais dogmas, nossa fundadora formou-se com prestígio no antigo Centro Estudantil Bruxo Parisiense, atualmente a maior biblioteca não-trouxa da França, onde teve os primeiros contatos com os respectivos futuros fundadores da Noble, Persévérer e Sage.

A partir daí, todos tiveram seus cursos direcionados para pontos diversificados, tomando cada um uma especialização em um ramo mágico diferente - Artèmise foi considerada o maior prodígio do século em Transfiguração. Era apta para aprender feitiços complexos em instantes e desenvolveu alguns por conta própria, como o Turbatus Tepidus, utilíssimo na mudança de um elemento para outro, gerando uma elipse de calor durante a fase intermediária e o Inicial Vultus, poderoso contrafeitiço capaz de retornar qualquer matéria que não esteja em seu estado natural - o que inclui animagos, objetos nos quais foram realizados inúmeros feitiços de transfiguração seguidos, inclusive em feitiços de lacre -, irreversivelmente, à sua forma original.

A incansável Inquisição - que, por mais que houvessem feitiços para impedir os efeitos do fogo, constrangia qualquer bruxo descoberto, que se via na necessidade de mudar de nome e transferir-se de cidade - manchava o nome dos magos, tratando todos como se animais irracionais que ansiavam pelo fim da harmonia entre os seres humanos. Para defender a integridade do mundo mágico, o Centro Estudantil Bruxo Parisiense foi fechado, transformado em uma singela biblioteca e a comunidade bruxa se via sem academia para instruir suas crianças. Mandeville foi uma dos fundadores de um projeto que, com a assinatura de milhares de bruxos, chegou aos superiores, insistindo na criação de um centro escolar onde as crianças dotadas de poderes pudessem aperfeiçoá-los em segurança.

Foi então que, em meados de 1500, Louis Zinedi, recém aclamado ministro da magia da França, convocou Artèmise para iniciar um grandioso projeto da criação de uma escola de magia, em uma ilha no mar do Pacifico. Foram meses até que o velho castelo estivesse pronto para receber alunos - a limpeza, preparação dos aposentos e, principalmente, proteção mágica da ilha. Posteriormente aumentaram o tamanho do castelo. Como transfiguradora, seu papel na defesa da ilha foi vago, porém crucial na reforma do castelo. A decoração de uma torre em especial foi feita com dedicação excepcional de Artèmise, assim como seus conhecidos do antigo Centro fizeram o mesmo com outras. Por fim, decidiram separar os alunos que possuíam as características pelas quais mais prezavam, estabelecendo-os em suas respectivas torres.

Ver também